Tuesday, March 24, 2015

MAISON MARGIELA FALL/WINTER 2015


Quatro anos após o escândalo que levou John Galliano ao afastamento de seu posto de diretor criativo da Dior, o estilista fez seu retorno na direção criativa da, agora, Maison Margiela em janeiro, com a apresentação da coleção Artisanal em Londres. O convite ao desfile foi restrito, relativamente, à poucas pessoas, e foi considerado triunfal pela crítica. Ainda no ano passado, desde o anúncio de sua função na Maison Margiela, os seus desfiles se tornaram um dos mais aguardados, e depois da estréia triunfal, as expectativas só aumentaram para a coleção masculina. No local do desfile, o ambiente era de pouca luz com alguns jogos de luzes e lasers que atingiam os luxuosos lustres do Salle Wagram; a atmosfera perfeita para a coleção cheia do glamouroso espírito disco. Uma fusão das extravagâncias setentistas com as peculiaridades da marca. As calças de alfaiataria mais larga e de cintura alta, os suéteres brilhosos e as peças que pareciam terem servido de tela para pintura são os destaques juntos das estampas psicodélicas dos anos setenta. O fundador Martin Margiela sempre tratou tudo como um trabalho coletivo, e mesmo depois de sua saída da maison, tudo continuo a ser atribuído à Maison Martin Margiela, porém, pela primeira vez com um nome notável assumido, esta coleção extremamente forte deixava no ar o grau de envolvimento de John Galliano, e ao que tudo indica, sua participação na criação da coleção masculina foi parcial, mas que já nos faz perceber uma certa mudança de transição na sua estética. 







(Photos: Maison Margiela)

2 comments:

  1. Suas postagens sempre sensacionais <3

    www.cabidedemenino.com

    ReplyDelete